Tag: Felicidade é...


Olha só, tem mais vídeo novo do blog!
Vou tentar liberar pra vocês um vídeo por semana, não é uma promessa mas acho divertido gravar os vídeos e também gosto do retorno que tenho de vocês com eles, então, tentarei!


Pra hoje, gravei a tag Felicidade é.... Essa tag é super levinha e gostosa de responder, afinal, só fala de coisas boas! 
Eu vi a Camila Coelho respondendo mas não sei quem é o criador da tag. Se você souber, me conta nos comentários!


As perguntas:
● O que você gosta de fazer quando está sozinha?
● O que você gosta de fazer com outras pessoas (família, amigos, namorado)?
● Pequenas coisas que te faziam feliz na infância.
● Uma coisa que te deixou feliz essa semana.
● Uma comida que te deixa feliz.
● Cite três coisas que te deixam muito feliz.
● Complete: felicidade é...

Pra completar a minha felicidade, inscreva-se no canal do blog no Youtube. Só clicar aqui:


Espero que vocês tenham gostado e, se já tiverem respondido a tag, deixem o link pra eu ver ou respondam nos comentários! Vou amar ler!
Beijos.

Edição: André Chiesa

O que li: Minha avó queria, Arco do Triunfo e Noivas


Resolvi inaugurar essa nova tag aqui no blog. Não é nenhuma grande novidade na blogosfera mas li muita coisa legal essa semana e fiquei com muita vontade de compartilhar com vocês.
Além de ser uma oportunidade de eu mostrar o que gosto, queria pedir pra vocês deixarem nos comentários o seu post preferido na semana (pode ser um que tenha sido escrito por ti ou de algum blog que tu acompanhe).

Selecionarei toda semana os meus posts preferidos (3 a 5 links), um look que amei e uma foto que me inspirou!
Olha só o que rolou nessa semana!

OS POSTS PREFERIDOS

ARCO DO TRIUNFO E A VISTA MAIS LINDA - Dele e Dela


Esse post foi o grande motivo para iniciar essa tag. Conheci o Dele e Dela há pouco tempo e estou completamente apaixonada pelo casal fofo que faz o blog. Recentemente, eles fizeram uma viagem de um mês pela Europa (sonho!) e os posts sobre ela estão incríveis!
Meu preferido até agora foi esse. Sempre achei o Arco do Triunfo lindíssimo mas a vista de cima dele me deixou boquiaberta! Eu, que nunca tive o sonho de conhecer Paris, fiquei morrendo de vontade!

CHATÔMETRO: ÁGUA MICELAR L'ÒREAL - Chata de Galocha


Esse vídeo não virou post no blog Chata de Galocha mas quem me acompanha aqui há mais tempo, sabe que a Lu é minha blogueira favorita desde sempre. O Chatômetro já foi tag fixa no blog dela e, recentemente, ela trouxe a tag para o Youtube. Eu adoro porque a Lu é extremamente sincera e a opinião dela conta bastante para minha vontade de ter um produto.
Eu estava bem curiosa quanto à Água Micelar da L´Òreal  e, devido a esse vídeo, firmei minha opinião (e decidi não comprar o produto para testar).
Vale a pena acompanhar os vídeos do Chatômetro!

ELIE SAAB LANÇA SUA PRIMEIRA COLEÇÃO PARA NOIVAS! - Fashionismo


Amo moda festa e, entre meus estilistas preferidos, está o libanês Elie Saab. Gente, esse homem sabe o que faz!
Ele já fez colaborações com marcas de vestidos de noiva mas essa foi sua primeira coleção solo. E são vestidos lindos demais! Salvei vários nas inspirações para o casamento futuro.

A MINHA PRIMEIRA EXPERIÊNCIA EM CONGELAR COMIDAS E ALGUMAS DICAS - A casa que minha avó queria


Estava carente de blogs nesse feriado (não sumam no feriado, blogueiras!) e conheci o A casa que minha avó queria. Foi amor ao primeiro post! Adoro o jeito simples e vida real da Ana. O post mais recente dela - esse do link - foi o que me chamou a atenção para o blog. Sempre tive vontade de congelar alimentos pra facilitar a rotina e adorei ler o relato dela. Quem sabe não rola a experiência por aqui também?

O LOOK QUE AMEI

DEAR FUTURE, I'M READY - Serendipity


A Melina tem um estilo super meigo na hora de se vestir que não combina muito comigo. Apesar disso, achei que esse look fugiu um pouco do padrão e ficou incrível! Me vi usando ele com peças do meu armário.
As fotos dela são um caso e um amor à parte. Amo especialmente as fotos dos detalhes do look que são sempre criativas e lindas!

INSPIRAÇÃO FOTOGRÁFICA


Essa semana o que me inspirou foi a foto desse look incrível! Tenho dificuldade em usar saias longas e midi mas achei essa fluida e super gostosa de usar. Amei a combinação de cores e a foto está leve e divertida!
Me inspirou e espero que inspire vocês também!

Agora é a vez de vocês me contarem qual foi o post preferido da semana!
Estou ansiosa pra ler também!

Beijos.

Enxoval de Gato


Já tive muitos animais de estimação - cachorros, hamsters e tartaruga - mas, até o Fred chegar na minha vida, nunca tinha tido um gato. Ou seja, não tinha a mínima noção do que um gato precisava ou não para viver bem e confortável.

Pensando em pessoas como eu, mostro no vídeo de hoje tudo que comprei no enxoval do Frederico e conto o que valeu a pena e o que era totalmente dispensável. 
Confere:


Os produtos que comprei para fazer o enxoval do meu gato:


 Potes de água e ração: inicialmente, comprei um conjunto, contudo, um deles quebrou. Aproveitei para comprar o segundo um pouco maior para deixar a comida. Escolhi os modelos que tinham um preço bom aliado a algum detalhe bonitinho.

● Caixa de areia: compre uma grande! Por mais que ela pareça enorme enquanto seu gato é filhote, eles crescem muito rápido e não vale a pena ter que trocar depois. Se possível, compre uma totalmente fechada para evitar que seu gato jogue areia para fora dela. A minha é grande mas tem a desvantagem de não ser fechada, apesar de tudo, foi uma boa compra pelo preço.

 Caixa de transporte: sem dúvida, uma ótima compra! Adquiri essa caixa logo ao adotar o Fred porque sabia que iria viajar com ele e queria acostumá-lo com a caixa e hoje ele é super tranquilo. Essa que eu comprei tem um design bem tradicional e foi bem barata porque não tem o melhor dos acabamentos. Não compraria uma mais cara porque não vejo necessidade mas acho essencial ter uma para o conforto e a segurança do felino.

● Rasqueadeira: a escova para gatos é muito útil além de baratinha. Ajuda muito quando seu gato perde bastante pelo porque fazendo uma escovação diária, é possível diminuir bastante a quantidade pela casa. 


● Pá para recolher xixi e cocô: outro produto que precisei comprar novamente porque a primeira era muito frágil. Minha dica aqui é comprar uma pá resistente e grande.

● Bolinhas: comprei diversas bolinhas para o Fred e ele sempre amou, brinca muito com elas e, inclusive, as perde pela casa. Foi uma boa compra, apesar de não ser essencial já que gatos brincam com qualquer coisa!

 Cama: na minha concepção, mesmo gatos precisavam de um lugar deles para dormir e, por conta disso, resolvi comprar a cama estofadinha. Agora, depois de 8 meses, me arrependo completamente e não indico que ninguém compre. O Fred dormiu nela no máximo duas vezes e ela é completamente desnecessária.

● Arranhador: esse era um item que eu achava indispensável e que depois percebi que não precisava compor o enxoval. Apesar de conhecer gatos que amam seus arranhadores, o Fred nunca deu bola para o dele. Na época, comprei esse modelo que é mediano; ainda bem porque se eu tivesse investido em um mais caro, ia ficar muito arrependida. Não indico a compra, pelo menos inicialmente.


 Erva dos gatos (Catnip): comprei a Catnip depois de saber de gatos que começaram a usar o arranhador por conta do cheirinho dessa erva. Outra decepção! O Fred não começou a usar o arranhador e até parece que não gostou do cheiro da erva. Depois fiquei sabendo que o cheirinho funciona melhor com fêmeas. Não indico a compra porque é um produto com preço elevado e não há garantia de que vá funcionar.

Entre as coisas que eu ainda quero comprar, está um playground estilo tenda, imagino que o Fred vá passar horas brincando. Já na lista 'ainda bem que não comprei', entra um cobertor; por orientação da vendedora e do meu namorado, acabei desistindo e acertei já que não há necessidade de um cobertor exclusivo para o seu gato.

Espero que eu tenha conseguido ajudar quem está planejando as compras para adotar um gatinho. Não li nada na época e senti falta de ter um roteiro.

Se ainda não é inscrito no canal do blog no Youtube, inscreva-se clicando no botão:

E me contem o que vocês acham que é essencial ou não para um gato. 
Beijos.

Edição: André Chiesa

Acabei de ler: O Nome da Rosa - Umberto Eco


A resenha de hoje é sobre um clássico da literatura mundial, o livro O Nome da Rosa, escrito por Umberto Eco. Comprei em um sebo essa edição bem antiga (10º edição de 1983) da editora Nova Fronteira


ASPECTOS FÍSICOS
A edição que tenho é bem antiga e, por isso, já está um tanto estragada com o tempo - páginas manchadas e amareladas, além de pequenos rasgos na capa. Ao mesmo tempo que isso me incomoda, sempre penso também que faz parte da magia de comprar em sebos.
Não gosto do desenho da capa, especialmente por conta do vermelho e do desenho abaixo do nome. 
No interior, nenhum aspecto (tipo e tamanho da fonte, espaçamento e margens) incomoda. Não há maiores detalhes nas 562 páginas do livro exceto pela desenho de dois mapas que são essenciais à história. 
Apesar do tamanho, a edição é muito fácil de ser manejada, facilitando muito a leitura.


HISTÓRIA
O livro é um relato feito pelo então noviço Adso que está acompanhando um monge franciscano, frei Guilherme, em uma viagem até um mosteiro no norte da Itália onde foram convocados para investigar uma morte ocorrida lá. 
Durante suas investigações no mosteiro, frei Guilherme acaba por descobrir muitos outros mistérios da abadia como o labirinto que esconde os livros mais perigosos na biblioteca, as passagens secretas e as disputas por poder na doutrina cristã.


OPINIÃO
Sem dúvida, O Nome da Rosa foi o livro que mais demorei para concluir. Na verdade, tudo começa quando eu ainda estava na 6ª série e explorando os livros de séries mais avançadas quando encontrei uma edição d'O Nome da Rosa e resolvi retirá-lo, apesar dos avisos de que era uma leitura difícil. Acabei desistindo na época mas a vontade não passou e resolvi adquirir essa edição e lê-la agora - mas posso dizer que a dificuldade foi grande mesmo agora, tantos anos depois.

O livro tem um história e um escrita extremamente densas. Na edição que possuo, há muitos trechos extensos em latim, sem tradução, o que atrapalha demais a fluência da leitura. A escrita de Umberto Eco é muito refinada mas, por vezes, torna-se maçante com extensas descrições de uma parede ou um quadro ou com conversas longas e permeadas de armadilhas. 

A história do livro é extremamente rica, tanto por seu enredo extremamente intrincado (os crimes, as intrigas e os muitos personagens tornam o livro um verdadeiro thriller) quanto por seu contexto histórico que é muito explorado e explicado durante a história. 
O enredo e o contexto histórico, assim como tornam essa uma grande obra, também a tornam pesada, com uma leitura pouco fluida e arrastada

Demorei para terminar a leitura do livro e acabei me prejudicando também por conta disso, já que fiz uns 3 grandes intervalos, o que foi extremamente ruim para as minhas lembranças dos personagens e acontecimentos do livro. 
Apesar de todos esses defeitos assinalados, preciso destacar o que, para mim, são os dois momentos altos do livro: a primeira vez em que frei Guilherme e Adso adentram na biblioteca do mosteiro - e tentam desvendar seus mistérios - e o final que é acelerado, envolvente e surpreendente!

Terminei o livro com uma sensação de dever cumprido e, devido ao seu ótimo final, com uma opinião boa do livro. Nunca será meu livro preferido e ainda não tenho ânimo para ler outra obra de Umberto Eco mas consigo reconhecer os pontos positivos do livro, mesmo ele não tendo me cativado durante a maior parte da leitura!


TRECHOS
❤ "Pois três coisas concorrem para criar a beleza: primeiro a integridade ou perfeição, e por isso achamos feias as coisas incompletas; depois a devida proporção ou a consonância; enfim a claridade e a luz, de fato chamamos belas as coisas de cor nítida." 
- pág. 92

❤ "Mesmo uma guerra santa é uma guerra. Por isso talvez não devesse haver guerras santas.[...]"
- pág. 182

❤ "Os livros não são feitos para acreditarmos neles, mas para serem submetidos a investigações. Diante de um livro não devemos nos perguntar o que diz mas o que quer dizer, [...]" 
- pág. 361

❤ "Naquele rosto devastado pelo ódio à filosofia, vi pela primeira vez o retrato do Anticristo, que não vem da tribo de Judas, como querem seus anunciadores, nem de um país distante. O Anticristo pode nascer da própria piedade, do excessivo amor a Deus ou da verdade [...]" 
- pág. 551


Alguém já leu o livro - ou viu o filme? O que acharam?
Acompanhem as minhas leitura no Skoob, só clicar aqui!

Beijos.

Vontade de Mochila


Eu sempre enxerguei a mochila como um item para levar todas as tralhas que precisamos - ou que achamos que precisamos durante o dia -, nunca imaginei que ela poderia ser um acessório que incrementasse o look. Justamente por isso parei de usar mochila depois que saí do ensino médio. 

Ultimamente, contudo, tenho visto muitas mochilas lindas e tido muita vontade de investir em uma para facilitar o dia (no meu estágio anterior, passava o dia todo fora de casa e precisava levar muita coisa comigo). 
Fiz uma seleção de looks de vários estilos com mochilas para convencer vocês que a bichinha é fashion e pra me deixar com ainda mais vontade!

Com calça jeans e peças neutras acho que é o modo mais óbvio de usar a mochila. O primeiro look é bem esportivo com tênis, moletom e boné mas por conta do moletom mais trabalhado, ficou interessante. No segundo, o salto traz outra ideia para o look que é super simples também!

Apostar em um look com pegada rocker com a mochila é fácil, rápido e fica lindo! Trabalhar com cores neutras deixa o look elegante.

E, apesar de amar os neutros, sou uma pessoa de cores. Pirei nesses dois looks! O primeiro é  incrível, começando pela calça animal print e chegando até o chapéu tudo em tons de preto e marrom que não é uma combinação muito difundida, porém, fica ótima!
O segundo é bem invernal e eu adoro!

A coisa começa a ficar um pouco mais complicada ao tentarmos usar mochila com vestidos sejam eles mais casuais sejam sociais. E acho que os dois exemplos acima nos mostram que é possível a mochila ser implementada nos looks de forma natural.

De todas as produções a que eu acho que eu não arriscaria - apesar de achar lindo! - é com calça social. Sinto que me sentiria estranha na hora de sair de casa com uma mochila em looks tão sociais. Mas na primeira foto reparem como é a mochila que se destaca, sendo o ponte de luz de todo o conjunto.

Separei alguns modelos de mochilas que eu estou amando/babando/desejando.


Quando eu for procurar a minha, já vou focada em uma marrom pois acho linda, elegante, não suja tanto quanto as claras e não é tão básica quanto a preta. As duas marrons da montagem acima roubaram meu coração, perfeitas! Sobre os materiais, adoro o couro e a camurça mas imagino que essa última deva sujar bastante e é mais difícil de limpar.

Entram no grupo das mochileiras comigo?
Beijos.

Fotos: Pinterest

Pra inspirar: Decoração da Formatura


Não vejo a hora de me formar, imagino que todo mundo que está na fase final da faculdade fique ansioso, seja pela vida nova que vem chegando seja pela cerimônia em si.
Apesar de faltar ainda mais de 1 ano para eu me formar, sei que o tempo passa muito rápido e a vontade de começar a escolher e selecionar os detalhes da formatura só aumenta.
Já tenho diversas inspirações separadas de vestidos, de decorações, de convites, de mesa de doces e do incrível universo que é uma formatura e o post de hoje é pra inspirar vocês - tem alguém com a formatura chegando por aí?

São 10 fotos lindas de salões decorados, todos eles são muito elaborados, mas é possível tirar lindas inspirações de cada foto e adaptar para sua festa.

Eu tenho algumas ideias já fixas sobre a decoração da minha formatura. Acho que uma das mais importantes delas é sobre cadeiras. Quero cadeiras bonitas, que não exijam outros adornos. Essas em madeiras estão lindas mas também gosto das de plástico - o modelo dessa foto abaixo!

Aqui eu gosto muito do arranjo das mesas. Apesar de saírem extremamente bonitos nas fotos, os arranjos grandes no meio da mesa incomodam demais! Quero que os meus sejam baixinhos assim e, se tiver velas, melhor ainda.

Apesar desse centro de mesa ser grande, achei ele magnífico. Foge do clássico arranjo de flores e ainda é lindo!

Olha essa mesa de doces! Pirei nesse trilho de crochê perfeito. Vou usar com certeza na minha decoração!
Além disso, amo esses painéis de folhas ou flores. Fica visualmente muito bonito!

Olha esse exemplo incrível de mural com flores! O bom dos nichos assim é que fica mais barato do que fazer uma parede toda fechada.

Outra paixão que tenho são os fios de luzinhas! Achei incrível essa decoração com um cortina de luzes em cima da mesa mas quero algo diferente pra minha decoração, como esses exemplos abaixo.

Não fica incrível? E bem mais em conta do que a opção acima da mesa!

Quero fugir de panos na minha decoração! Nessa aqui, gostei do padrão de cores - aliás, acho muito importante que a decoração siga um padrão de cores - e dos luminárias em globo, deram um charme lindo.

Aqui a decoração segue tons de amarelo e, nessa abundância toda, o que mais me encantou foram os vasos com velas pendurados! Discreto e incrível!

Muita decoração linda, não é?
Acho que o mais importante na hora de planejar a sua decoração é definir a paleta de cores e o estilo. Dentro desses dois preceitos, há muitas opções - mais caras ou mais baratas - de decorar.

Beijos.

Acabei de ler: Cordeluna - Élia Barceló


Oi, pessoal!
Hoje tem resenha de livro aqui no blog. Vou falar sobre o livro Cordeluna, escrito por Élia Barceló com tradução de Catarina Meloni e publicado pela Editora Biruta.


ASPECTOS FÍSICOS
Vamos novamente chover no molhado com a diagramação incrível dos livros da Editora Biruta. A capa de Cordeluna tem esse brasão com a espada que tem tudo a ver com a história e também tem esse desenho no tom de azul que deixa um aspecto mais antigo. 
As páginas iniciais do livro e algumas no seu interior tem detalhes sempre em tons de azul - como imitando pergaminho ou um brasão. As páginas não têm maiores detalhes mas o tipo e tamanho da fonte, as margens e o espaçamento são ótimos. 


HISTÓRIA
A história do livro pula entre duas épocas para contar duas histórias diferentes mas interligadas. No passado, vamos conhecer Sancho, um cavaleiro, e Guiomar, filha de um nobre já falecido. Durante o desenrolar do livro, veremos como eles se conheceram e como se passou a sua história de amor. Ao mesmo tempo, no presente, vamos acompanhar um grupo de teatro formado no Espanha que passará um tempo ensaiando em um antigo mosteiro para encenar uma peça e, entre os muitos adolescentes do grupo, conheceremos a história de Sérgio e Glória.


OPINIÃO
O livro tem 312 páginas mas não tem capítulos; toda a divisão é feita apenas por pequenos espaços maiores entre os parágrafos mas isso não incomoda porque os trechos são curtos e rápidos. 
Sempre gostei muito de livros que contam histórias do passado e, em Cordeluna, eu ficava sempre muito ansiosa para ler a parte de Sancho e Guiomar que foi a que realmente me encantou. Tudo parece mais puro, mais real e mais difícil também durante uma guerra. 

A história é extremamente ágil e a forma como a autora intercalou os trechos de passado e presente foi muito interessante porque os eventos estão extremamente interligados. O que acontecia no passado também acontecia no presente, apesar de não ser a mesma situação, o fato se repetia nos dias atuais e era muito legal perceber a semelhança.

Para todas as idades, o livro tem uma linguagem simples, sem trechos impróprios - apesar de ter alguns até assustadores. Gostei muito do modo como tudo foi amarrado no final; final esse que, por sinal, é extremamente movimentado, deixando-nos ansiosos para descobrir todo o desenrolar. Nos extras, ainda há um texto explicando o contexto histórico em que o livro se passa, inclusive com mapas da região mostrando o domínio por diferentes povos.

Cordeluna me conquistou por ser um livro com uma temática simples - mostrar que uma história de amor pode ultrapassar barreiras de tempo - mas que foi muito bem desenvolvida e tornou-se cativante. Apesar de longo, em nenhum momento, o livro é chato ou monótono porque correm duas histórias paralelas e movimentadas por ele. 
Mais que aprovado, mais que indicado!


TRECHOS
❤ "E enquanto os protagonistas atuais da história que vai começar vivem suas vidas cotidianas, outros protagonistas que já não têm nada, exceto seu amor e sua esperança, aguardam nas trevas geladas que o milagre aconteça.
Tudo começou mil anos atrás.
E, para o bem ou para o mal, acabará agora."
- Pág. 1 

❤ "Tinha sido... Como tinha sido? Como encontrar-se com alguém que só existe na própria imaginação, como ver na vida real a figura de um sonho, como recuperar algo enormemente valioso que se achava perdido para sempre, como... como apaixonar-se, simplesmente?"
- Pág. 46

❤ "Foi uma morte estranha. Estranha por ser tão doce. Porque, depois de uma vida de amargura, sofrimento e penitência, Deus todo-poderoso, em sua infinita misericórdia, se dignou a conceder-lhe a única coisa que não tinha pedido jamais: uma boa morte, tranquila e sem qualquer dor."
- Pág. 283


É possível encontrar o livro para venda em livrarias físicas e online (Saraiva, Cultura e Livraria Martins Fontes Paulista).
Aqui é possível conhecer todo o catálogo da Editora Biruta e, se quiser, acompanhar todas as novidades da editora, siga suas redes sociais (blog | facebook | twitter | instagram).

Para me acompanhar, basta me adicionar o Skoob!
Beijos!

EI, LEITOR! O livro foi enviado pela Editora Biruta devido à parceria que o blog tem com a editora. O blog não recebe qualquer pagamento ou comissão de vendas para resenhar o livro, expondo sempre a opinião sincera em relação à leitura!