Tchau, BEDA!


E chegou dia 31 de agosto, o último dia de BEDA!
O mês que costuma demorar um ano inteirinho pra passar, dessa vez passou muito rápido pra mim. 
Hoje, pra encerrar minha participação no meu primeiro BEDA, é dia de fazer aquela recapitulação do que teve por aqui e também falar sobre meus sentimentos, alegrias e decepções.


Foram 18 posts nesses 31 dias e eu posso dizer que, pra quem tinha apenas 2 posts adiantados, até que as coisas começaram muito bem! O início do mês foi cheio de posts super especiais - falei sobre o livro Três contra Todos (e vocês amaram!), sobre a decoração da minha formatura e fiz um look que amei muito!

Como vocês já sabem, eu me formei mês passado e, depois da espera para ter registro do conselho e poder trabalhar, agosto foi meu primeiro mês oficial da vida toda como trabalhadora brasileira hehehe. Dá pra entender como agosto foi um mês um tanto louco na minha vida? Tive muitas primeiras vezes durante esses dias e todas elas, é claro, foram precedidas de ansiedade porque, sinceramente, faz parte. 
Por vezes, soube lidar bem com ela, por vezes não e isso prejudicou também o BEDA mas, sinceramente, olhando pra trás, consigo perceber que lidei muito bom com todas as atribuições que assumi durante agosto.


Tirei dos rascunhos alguns posts que moraram ali por muito tempo como o texto sobre faxina e as dicas de organização para o dia-a-dia. Tivemos mais dois looks por aqui e um deles, com certeza, é o mais especial do blog até hoje: meu vestido de formatura! E falei sobre moda porque é um assunto que eu amo ler, amo pesquisar e vocês também gostam muito - falei sobre a calça jogging no trabalho e sobre os brincões!


Minha ideia era postar um vídeo por semana durante o BEDA mas, no fim, tivemos apenas um durante o mês inteiro. Falei sobre a areia e a ração que uso com o Fred (sabiam que daqui 4 dias ele já faz dois anos???!), um vídeo que foi muito pedido no canal do blog no Youtube e eu fiquei bem feliz com o resultado. 
E, dentre os posts que eu mais me orgulho da história do blog, tem um texto refletindo sobre porquê fizemos mal às pessoas que amamos e preciso dizer que fiquei surpresa e feliz com a interação nos comentários!

E acabou o BEDA, gente! Consegui ler alguns posts em blogs que me conquistaram e que pretendo acompanhar sempre, consegui responder e retribuir todos os comentários no Coisa e tal, a interação e as curtidas no Facebook e no Instagram aumentaram. A minha única decepção é mesmo a visualização no blog que se manteve igual - e eu imaginava um aumento durante o mês.

Meu saldo, ao fim dessa loucurinha, é super positivo! Devolveu minha vontade de postar mais e me arriscar em assuntos diferentes, reavivou meu amor pela blogosfera raiz (aquela simplona que gosta de textão bem escrito) e rendeu muitos outros rascunhos de post que pretendo fazer em setembro e nos próximos meses.


Vão ter outros BEDAs, tenho certeza!
Se você perdeu algum post, é só CLICAR AQUI pra conferir todos e aproveita pra me contar o que achou desse mês!

Muito obrigada pela presença de todo mundo!
Beijos.

Por que fizemos mal às pessoas que amamos?


Há algumas semanas atrás, eu parei para pensar no meu relacionamento. 
A verdade é que eu e o André nos damos extremamente bem, de verdade; raramente discordamos de algo, não lembro de quando foi nossa última briga mais séria e temos uma rotina gostosa e tranquila. Apesar disso, me vi sendo uma pessoa ruim, relapsa, pouco cuidadosa com meu companheiro.
E parei para refletir sobre o motivo disso!

Vocês já devem ter reparado que, com o passar dos anos de um relacionamento, aquele pensamento sempre no outro acaba passando também. E tudo bem, é natural do ser humano, acabamos nos acostumando com o que temos e, mesmo que sejamos felizes demais, deixamos de valorizar como deveríamos. 
Só que, falando sobre uma relação entre duas pessoas, esse acostumar-se pode ser muito perigoso. 

O grande episódio que me fez refletir sobre tudo isso foi muito simples: o André teve uma ideia de um projeto grande, muito trabalhoso mas que, se desse certo, seria bem legal. E eu me vi puxando-o para baixo, desestimulando-o mesmo. Por quê?
Eu sempre tentei ser uma pessoa com a cabeça aberta, disposta a ouvir ideias novas. E me vi sendo uma pessoa totalmente diferente do que eu gostaria de ser e do que eu gostaria que meu companheiro fosse pra mim. E fiquei muito triste!

Resolvi mudar de atitude! 
Passei a ouvir com mais disposição e atenção, me policiei pra sempre dar carinho, cuidei para não deixar passar uma oportunidade de fazer um agrado (seja um beijo ao passar pelo escritório, seja um café pela manhã). 
Comecei a reforçar meus sentimentos e a falar sobre eles - porque ninguém deve ser adivinho nessa vida -, tentei compreender o que eu achava estranho e passei a sempre pensar em como falar o que eu queria de um jeito mais leve.
Tudo que a gente faz no começo de um relacionamento de forma um tanto automática por estar inundada pelo sentimento!
Mas que acaba deixando passar depois. 

(via)

E essas pequenas coisas são TÃO importantes para um relacionamento. 
Essas atitudes tão bobas mudaram a nossa relação porque o André passou a corresponder a elas, me dando mais carinho, mais atenção e mais apoio como ele sempre fez desde o início mas de um modo que é sempre importante renovar!

A conclusão que eu chego é que acabamos fazendo mal às pessoas que amamos por costume e, com o passar do tempo, isso pode tornar-se tão natural que não percebamos mais essas atitudes ruins. 
Essa reflexão vale para vários tipos de relações - amorosas, pais e filhos e amizades especialmente. Nesse momento, o melhor que podemos fazer é refletir sobre o quão sortudos e felizes somos de ter essas pessoas em nossa vida e começar a valorizá-las como sempre deveríamos ter feito.

A mudança que vem disso é incrível!
Beijos.


É tempo de brincões!


Eu sou completamente apaixonada por brincões - posso dizer que sempre fui (quando era adolescente, todo mundo me conhecia pelos brincos enoormes que eu usava pra ir à escola haha). E o amor não diminuiu apenas ficou guardado na gaveta já que os brincões ficaram sumidos por muitos e muitos anos. 

Há uns 2 anos, aproximadamente, os brincões voltaram a ser vistos nas passarelas mas eles ainda demoraram pra vingar como tendência. Mas é agora!
O verão promete ser dos brincos grandes nos mais diversos estilos, aquele que você mais gostar - eu gosto de todos; três de cada, por favor!

(via)
A J.Crew foi uma das marcas que apostou na tendência e tem feito muito sucesso com seus brincos enormes e cheios de detalhes! Esse tipo de brinco é pra ser A peça do look. E esqueça a ideia de que esse tipo de brinco é pra ser usada em festas, ele é pra todo dia!

Os brincos geométricos são os meus preferidos! Acho lindos e, de todos, são os mais fáceis de usar e combinar. 
Usar com o cabelo preso destaca ainda mais o acessório e traz elegância.

(via | via)
Os brincos bem coloridos ficam lindos com roupas lisas. Rosa com azul, laranja com turquesa, vermelho com azul marinho são combinações fáceis e certeiras. E também é possível usar com um look todo preto ou branco. 

(via)
Se o seu estilo é mais social e elegante, os brincos de pedras são a solução. É um modo de usar a tendência sem abandonar seu estilo próprio.

(via)
Os brincos de tassel (essas franjinhas presas todas juntas que adornavam as almofadas das avós) são uma microtendência dentro dos brincos grandes. São mais despojados e, por isso mesmo, já imagino usá-los na praia, em um passeio no final de tarde, por exemplo.

(via)
Os primeiros brincões a voltarem, junto com as argolas, foram esses com várias bolas (como na segunda foto). Não é meu modelo preferido; esse de leques da primeira foto me agradam bem mais.

LEIA TAMBÉM:

(via | via)
Outro material que voltou para os brincões foi o acrílico, o que é ótimo já que deixa as peças mais leves e fáceis de usar. Eles ficam lindos se usados com blusas ombro-a-ombro, outra grande tendência que tem tudo a ver com o verão!

Eu sou muito suspeita pra falar porque amo e acho que eles combinam demais com o calor!
Mas o que vocês acham? Vão se render aos brincões?
Beijos.

Qual areia e ração para gato eu uso?


Depois que eu publiquei o vídeo sobre enxoval de gato (o mais assistido do Youtube do blog, obrigada!), surgiram alguns comentários me pedindo pra falar sobre a areia e ração que eu uso com o Frederico. 

Então, resolvi atender ao pedido já que vocês gostam muito quando falo sobre o meu gatuno e eu não falo do assunto tanto quanto gostaria. 
No vídeo, conto as marcas que eu mais gosto e também como eu limpo a caixa de areia do Fred.


Deixa um like no vídeo (me deixa muito feliz!) e inscreva-se no canal!

Por orientação do veterinário, o Fred só come ração seca e a que eu escolhi dar, pelo melhor custo-benefício, é a da marca PREMIER PET, da linha Golden. Eu dou comida duas vezes por dia para o Fred e ele ama essa ração!

LEIA TAMBÉM:
➤ Enxoval de Gato
➤ Festa de 1 Ano do Frederico!

A areia que eu mais gosto de usar é a da marca SPECIAL KITTY porque ela é bem baratinha, tem torrões pequenos que absorvem muito bem o xixi e dura muito mais que a de outras marcas. Ela não é muito fácil de achar aqui na minha cidade mas vale muito a pena pra mim!

Espero que vocês tenham gostado!
Beijos.

Na Real: Tricô Bege com Amarrações


Já usei taaaantas vezes esse look, ele é confortável, quentinho e ainda estiloso, principalmente por conta desse tricô maravilhoso com um decote diferentão. Pra dar alguns toques a mais, dobrei a barra da calça e ainda usei uma argola - velhaaa (preciso comprar uma beeem grandona!). 

Dessa vez, usei para o almoço de domingo nos sogros mas já fui com ele para o trabalho e também para passeios. E gosto assim: que os looks sejam adaptáveis e que a gente se enxergue tanto neles que tenha vontade de usar sempre!


Bota CRÔMIC FEMME

Tricô DOCE MAGIA (LOJA PONTO INICIAL)

Brinco RENNER


Calça PITT JEANS (PALUDO)


O que acharam do look?
Beijos.


Como economizar na festa de formatura


Quem está passando por essa fase de final de faculdade ou já passou, sabe que chega um momento em que parece que os gastos não vão ter fim e o orçamento inicial da formatura vai aumentando e aumentando, por vezes, até dobrando de preço. 

Quando eu e minha mãe começamos a planejar minha festa de formatura tínhamos um orçamento base que, depois, acabou aumentando quando fomos realmente orçar todos os gastos. Apesar disso, achei que conseguimos economizar bastante em alguns detalhes e decidi contar pra vocês.

O QUE VOCÊ PUDER FAZER, FAÇA!


Na minha formatura, fizemos os porta-guardanapos e o quadro com a disposição dos lugares (veja aqui!), assim como compramos os porta-retratos em que os números ficaram nas mesas. 
Achamos que seria bem trabalhoso fazer os porta-guardanapos mas, sinceramente, foi super divertido e em dois dias tínhamos terminado a tarefa enquanto tomávamos chimarrão. Com isso, economizamos um bom valor - apesar de ainda ter gasto com as miçangas. 
Outras coisas que você pode fazer: plaquinhas decorativas, lembrancinhas e arranjos de flores (nós não fizemos mas vários dos que vocês viram nas fotos da decoração da minha formatura, são da casa da minha mãe mesmo hehe). 

PESQUISE PREÇOS E SERVIÇOS - E, SE PRECISO, DESISTA!


Essa é a dica mais manjada de todas mas é tão real! Às vezes por pressa ou por termos amado tanto um serviço, acabamos nos empolgando e pagando o preço, contudo, sempre vale a pena respirar e repensar se aquilo é mesmo essencial.
O ideal é que você consiga aliar preço com confiabilidade do fornecedor. 
Por exemplo, eu sempre desejei na decoração da minha festa, uma parede verde no fundo da mesa de doces mas o custo de uma é bastante alto. Inicialmente, colocamos ela no orçamento da decoração mas ela correspondia por quase metade do valor total, então, resolvi abrir mão e não sinto que a decoração ficou pior sem ela. 

AVALIE O QUE É MAIS IMPORTANTE PARA VOCÊ


Deixa eu explicar esse ponto: eu sempre pensei que as coisas mais importantes da minha formatura eram as fotografias (porque seriam a lembrança que eu ia levar pra sempre) e os serviços para que meus convidados aproveitassem (comida, bebida e festa). E foi nisso que investi!
É claro que também queria que os demais aspectos fossem especiais mas não via necessidade, por exemplo, de arranjos enormes para os centros das mesas (gente, flores naturais são muito caras) ou de lembranças muito caras. 
Consegui economizar nesses aspectos e contrabalançar em outros.

COMPRE VOCÊ MESMA


Eu também sei que o tempo começa a ficar cada vez mais apertado conforme se aproxima o dia da formatura mas, acredite, ainda vale a pena você comprar algumas coisas por sua própria conta. 
Os enfeites de festa (como chapéus, tintas fluorescentes, máscaras e plaquinhas) não são caros e quando você vai comprar, pode escolher o que você acredita que seus convidados mais irão gostar. Já contei também que comprei os porta-retratos das mesas e me arrependo de não ter comprado os balões dourados também - é só mandar encher com gás hélio.

SE PUDER, USE SEUS PRÓPRIOS MÓVEIS


Outra coisa que não imaginamos o quanto custa são os móveis que precisamos locar para compor a decoração, como mesas, aparadores, tapetes e cadeiras. 
No meu caso, resolvi aproveitar as mesas e cadeiras que o próprio clube em que eu fiz a festa disponibilizava. Além disso, tentamos aproveitar alguns móveis da própria casa da minha mãe, como o aparador e o tapete acima (também usamos nossos tapetes no banheiro).

Vocês têm outras dicas pra economizar um pouquinho nesse momento? E o que acharam das minhas dicas?
Beijos


6 perfis fitness para seguir no Instagram


Quem acompanha o blog há pouco tempo talvez não saiba mas eu tenho um Instagram fitness (@dietadafeh); faz tempo que não posto por lá porque, depois da formatura, me joguei na vida de felicidades gordas hahaha. 
Mas, quem me conhece, também sabe que vivo dieta, seja para emagrecer, para definir, para ter preparo físico. Pretendo voltar a postar por lá em breve porque a interação é super legal e porque me deixava muito motivada - eu conto por aqui quando voltar, ok?

Contudo, mesmo não postando, sigo acompanhando os feeds de dieta que mais amo por lá! Separei 6 dos meus preferidos pra apresentar a vocês - vai que tenha alguém aí querendo um corpo melhor pro verão ou fazendo um projeto pra formatura (como eu fiz!) ou, então, só querendo uma vida mais saudável. São sugestões incríveis!



A Camila é daquelas musas fitness mesmo! Super focada, tem um dos corpos mais bonitos do Instagram, na minha opinião (é definida mas magrinha e feminina) e posta muitos vídeos de treino, especialmente na academia. É super inspirador ver a dedicação dela nos treinos, juro que dá vontade de treinar! 



A dona desse Instagram é a Lary e ela tem o estilo de insta fitness que mais me agrada porque é bem vida real, com foco, falhas, treinos e retomadas - assim como a gente que não consegue treinar todo dia e faz de tudo pra alimentar-se bem mas também gosto de comer uns docinhos. 
Ela posta várias comidinhas legais, especialmente saladonas que parecem deliciosas, mas o que mais gosto são os desabafos e os stories dela.



A Taís é uma fofa, já sinto ela minha amiga hahaha. Ela é super presente, responde todo mundo e ainda compartilha muita dica, tanto de receitinhas fáceis quanto de estímulo pra ir aos treinos e cuidarmos mais de nós mesmas. Dá pra dar muita risada dela no stories e ainda participar de vários desafios que ela lança e que rendem muitos perfis legais pra seguir.



A Tabata é outra das grandes musas fitness do Instagram, tem um corpo lindo - naquele mesmo estilo da Camila - e eu adoro que ela é super debochada dela mesma. Ela posta muita dica de lanches mais saudáveis e os treinos tensos que ela faz na academia. Muita foto linda pra se inspirar!



Se o que você procura são receitas fáceis, saudáveis, sem frescura de zero isso e zero aquilo, esse insta é per-fei-to! Pra mim, é o melhor insta de receitas!
A Aimee é bem formiguinha, tipo eu, e ela vive postando ideias de bolos e doces que são muito apetitosos, gente! É um deleite pros meus olhos. Só quem ama um doce e faz dieta, sabe como é difícil substituir por coisas mais saudáveis. Mas se você gosta mesmo é de receitas salgadas, tem de tudo também: almoços, cafés da manhã e lanches. Amo muito!



A Andrea é nutricionista mas ela também é vegana. Foi a Andrea que despertou a minha curiosidade pra provar comidas veganas. As fotos dela são incríveis, dá muita água na boca e percebemos o quanto temos nosso cardápio restrito porque ela usa muitos ingredientes que eu nunca ouvi falar, gente. Ela arrasa!

Vocês têm um insta fitness pra me indicar? Me segue também, juro que volto!
Beijos.