Acabei de ler: As Reputações - Juan Gabriel Vásquez


Vem comigo pra mais uma resenha de livro aqui no blog? Falei no meu snap FEHZENATTO porquê estou deixando dois posts seguidos de resenha, então, me segue por lá. 
De qualquer modo, hoje vou contar como foi minha leitura de AS REPUTAÇÕES, escrito por Juan Gabriel Vásquez e publicado pela Bertrand Brasil em abril desse ano.


ASPECTOS FÍSICOS
Quando vi a capa pela primeira vez não achei nada demais, nem bonita nem feia; contudo, eu amo quando, após ler o livro, percebo a relação da história com a capa - mesmo que não tão óbvia - e é por esse motivo que gosto tanto dela. 
O livro não tem detalhes no interior e é bem curtinho - 140 páginas. Ele é dividido em 3 grandes partes (não há capítulos), as folhas são amareladas e todos os aspectos de edição são bons.


SINOPSE
Javier Mallarino é o caricaturista mais respeitado da Colômbia, possuindo o poder, através dos seus traços, de derrubar políticos, alavancar carreiras e fazer uma história tonar-se chacota nacional. Mallarino é um cara solitário, divorciado da esposa e distante da filha, vive nas montanhas afastado da civilização.
Contudo, sua trajetória muda quando ele é homenageado pela carreira impecável e contribuição ao país devido ao seu trabalho.


OPINIÃO
Preciso contar pra vocês que eu amo literatura latina; não sei exatamente o motivo mas adoro essa aparente proximidade que as histórias e os autores passam e tenho certeza que há grandes talentos por aí. Com Juan Gabriel não foi diferente; não estava muito animada com a leitura porque a sinopse não me atraiu muito mas, depois de começar a ler o livro (o que fiz em 3 dias), fui totalmente capturada pela escrita ágil, atraente e perspicaz do autor.

A história de Mallarino, por mais distante de nossa realidade que esteja, é extremamente interessante. O autor consegue colocar à nossa frente um quadro enorme, uma espécie de linha do tempo da vida de Mallarino e, por ela, descobrimos - ou imaginamos descobrir - como/quando/porquê o casamento terminou, como ele adquiriu esse poder com suas caricaturas e todos os reais pensamentos do personagem sobre as situações de sua vida.

O livro é curto e a história possui poucos personagens realmente importantes, o que torna tudo extremamente envolvente. Parece que estamos ali, ao lado de Mallarino, recordando com ele cada um de seus passos para chegar onde chegou e a que preço. 

Por fim, o final do livro é extremamente enriquecedor falando justamente sobre as reputações. O que nós fazemos para manter nossa reputação? Vale a pena? Será que essa reputação existe realmente frente a todos ou é imaginada somente por nós mesmos? Não há respostas mas as perguntas são extremamente interessantes.


TRECHOS
❤ "[...] ou talvez tivesse se tratado de uma dessas lembranças falsas que todos temos. Como é estranha a memória: permite-nos recordar aquilo que não vivemos." 
- pág. 19

❤ "E vendo-se ali, diante de um janelão por onde já entravam os bosques úmidos, rodeado pelos jornais que davam a notícia de seu triunfo e esperando que sua mulher recuperada voltasse para junto dele, Mallarino sentiu um estranho sossego. Perguntou-se se era isso o que as pessoas felizes sentiam [...]" 
- pág. 43

❤ "Dois, três, quatro casais: quantos estariam se separando agora mesmo? Quando estariam se separando embora não o soubessem, encaminhando-se lentamente para a corrosão?" 
- pág. 124


Você encontra o livro à venda em livrarias físicas e online (Amazon | Travessa | Saraiva). 
Siga a Bertrand Brasil e acompanhe todas as novidades da editora (site | blog | facebook | instagram | twitter | snapchat grupoedrecord). 
E me adiciona no Skoob para conferir todas as minhas leituras!

Beijos.

ESTÁ ROLANDO SORTEIO DE UM EXEMPLAR DO LIVRO A MÁQUINA DE CAMINHAR AQUI NO BLOG! CLICA AQUI E PARTICIPA!

EI, LEITOR! O livro foi enviado pelo Grupo Editorial Record devido a parceria que o blog tem com a editora. O blog não recebe qualquer pagamento ou comissão de vendas para resenhar o livro, expondo sempre a opinião sincera em relação à leitura!

4 comentários:

  1. É muito bom quando pegamos aquele livro que lemos rapidinho né? Nunca li livros latinos, mas já ouvi falar muito bem deles.
    Beijinhos,
    Pompom Chic

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabe, Gabi, que eu sempre gostei mais de livros grandes, que pudessem passar muito tempo comigo mas ultimamente, pela correria, tenho redescoberto livros mais curtos que me garante horas maravilhosas!

      Beijos.
      Obrigada por comentar!

      Excluir
  2. Não conhecia o livro, mas achei interessante sua resenha.
    Eu sempre gosto de descobrir novos escritores.
    Beijos
    http://recolhendopalavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Dany!
      Que bom que a resenha despertou tua curiosidade. Eu adoro ler resenhas que me deixem curiosa pra ler o livro e conhecer mais!
      Beijos.

      Excluir