O velho tema


Quando acontecem tragédias em nossas vidas é quando paramos para pensar nas nossas atitudes.
E, mesmo que os acontecimentos de ontem à noite não tenham sido uma tragédia, me fizeram refletir sobre muitas coisas.
Além disso, me fizeram entender uma questão "filmística". O porquê de eu preferir um romance triste do que uma comédia romântica. Sabe aquela coisa de sempre achar que o casal da comédia é artificial demais, não tem liga mesmo que eu tenha me divertido com o filme? Sempre falta alguma coisa, como em "Amizade Colorida", "Sexo sem Compromisso" e tantas outros.


Eu gosto, me divirto e sempre procuro os lançamentos, mas nunca realmente acreditei no amor deles, nunca entrei no personagem e sofri naqueles minutos em que eles se separam (sempre tem, né).

Mas, afinal, como eu entendi isso? Porque, para mim, o amor não é essas dezenas de sorrisos, essas risadas com piadinhas sem graça... para mim, o amor é complicado mesmo. Amor é mais amor quando é sofrido, quando é chorado, quando é triste.
Todos os meus relacionamentos, ou pelo menos aqueles em que me entreguei de verdade, foram muito complicados. Tiveram muitos obstáculos e, muitas vezes, não tinham sentimento o suficiente para superar essas adversidades.
Sou daquela opinião chata e manjada que os maiores amores são os impossíveis. Os que não dão certo.
Mesmo que eu lute todos os dias para que os meus amores deem certo, sei que eles não seriam tão fortes se não fossem tão complicados.


E, exatamente por essa concepção, que descobri que os melhores filmes são "P.S.: Eu te amo", "Namorados para Sempre" e outros desses tristes, de preferência, que o casal não consiga ficar junto. Porque existe aquela mistura explosiva que não dá certo mas é extremamente gostosa.
Sinceramente, prefiro morrer de emoções do que de tédio.

Obs.: Assistam, POR FAVOR, "Namorados para Sempre". Não tem como explicar a lindeza desse filme que me permitiu ficar apaixonada pelo Ryan Gosling. E só pra eu me emocionar mais um pouquinho o trailer:
video
Trailer Oficial "Namorados para Sempre" - Legendado

Qualquer dica, texto, sugestão ou maluquice que vocês queiram compartilhar, só comentar ou enviar para coisaetal.fer@gmail.com.
Beijos

Fonte das fotos: R7 Filmes, Armagedon Filmes e Cineclick.

Nenhum comentário:

Postar um comentário